Portal do Governo Brasileiro
Perspectiva:
Foco:
.
Objetivo:
7. Estruturação do Turismo Brasileiro
Iniciativas por Unidade
Iniciativa:
7.6. Prodetur + Turismo - Analisar a Concessão do Selo Prioridade
Responsável: Rogério Antonio Cóser
Substituto: Eduardo Claudio Madeira / Elisabete Batista Teixeira de Brito
Área: CGPLA / DEOTur / SNETur
PPA: 05OC LOA: 14TJ
Meta: 40
Período Mai/2018 a Dez/2018
Tipo de indicador: Eficácia
Fórmula de cálculo nº de selos concedidos/ nº de solicitações recebidas
Caracterização da meta:
Meta Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Acumulado até Dezembro Total
Prevista - - - - 5 5 5 5 5 5 5 5 40 40
Realizada
-
-
-
-
7
12
7
5
9
-
30
17
87
87
Descrição: Selo concedido
Meta anual: 40
Início da mensuração: Mai/2018

Previsto x Realizado - Total
Previsto x Realizado - Mensal
Previsto x Realizado - Acumulado
Mês Meta Física Avaliação Mensal Arquivos
Prevista Realizada
Janeiro -
-
Fevereiro -
-
Março -
-
Abril -
-
Maio 5
7
Junho 5
12
Julho 5
7
Agosto 5
5
Setembro 5
9
Outubro 5
-
Novembro 5
30
Em Outubro foram concedidos 10 selos+Turismo. Em novembro foram concedidos 20 Selos+Turismo.
Dezembro 5
17
Foram concedidos diversos Selos para as Macrorregiões Turísticas.
Acumulado até Dezembro 40
87
Total anual 40 87
Avaliação Final O PRODETUR+Turismo apoia o setor público e a iniciativa privada no acesso a recursos de financiamentos nacionais e internacionais, na implementação de projetos para o desenvolvimento e estruturação dos destinos turísticos no Brasil. O Programa traz em seu escopo a inovação, o ineditismo, a Modernidade e a visão de futuro de um Turismo que queremos para o nosso país, um Turismo fortalecido como vetor econômico, gerador de +empregos, +renda e +inclusão social. Trouxe, em seu ineditismo, como uma das principais inovações, o SELO+Turismo, que identifica os planos e projetos prioritários ao desenvolvimento do turismo, no município e na região turística, proporcionando não somente o apoio financeiros dos Bancos Parceiros, mas também, todo o apoio técnico e operacional do MTur, SEBRAE, ABDE, EMBRATUR e demais Parceiros do Programa, na elaboração e preparação dos projetos, no acesso aos recursos. Por meio do BNDES e CAF, por exemplo, é possível ao gestor público do município ou do estado, receber apoio na elaboração de uma modelagem específica de PPP, na concessão de áreas e investimentos públicos realizados, com recursos dos financiamentos. O SELO+Turismo é um instrumento de gestão pública, pensado, criado e lançado de forma inédita no Governo Federal, que identifica os projetos prioritários ao desenvolvimento e estruturação do Setor Turismo, com ações integradas entre o setor público e a iniciativa privada, alinhando as concepções e iniciativas da Política Nacional de Turismo. Por meio do Selo+Turismo, os gestores públicos e privados, qualificam seus projetos e planos de investimentos, com um carimbo que carrega o DNA do Turismo, tendo identidade própria junto aos bancos financiadores, com agilidade no acesso aos recursos de financiamentos, quais sejam eles, pois de forma inovadora, qualquer instituição financeira que queira apoiar e financiar o Setor Turismo, pode disponibilizar linhas de crédito para implementação das ações que estruturam os destinos turísticos brasileiros. Hoje, o maior deles é o BNDES. A apresentação de propostas, projetos e planos de investimentos superou totalmente as expectativas iniciais, sendo emitidos um total de 87 Selos+Turismo, até dezembro/2018. Sendo: Região Norte: 1 SELO; Região Nordeste: 12 SELOS; Região Sul: 64 SELOS; Região Centro-Oeste: 5 SELOS; Região Sudeste: 5 SELOS.

Legenda: Insatisfatório - Abaixo de 55% Merece atenção - 55% a 90% Satisfatório - Acima de 90% Sem meta prevista para o período Não houve preenchimento / distribuição mensal