Portal do Governo Brasileiro
Perspectiva:
Brasil + Turismo
Foco:
1. Brasil + Turismo
Objetivo:
1.1. Brasil + Turismo
Iniciativas por Unidade
Iniciativa:
1.1.19. Participação do Ministério do Turismo em eventos do segmento turístico
Responsável: Márcio Nascimento
Substituto: Caio Martins Franco / Walber Santana Santos
Área: CETIN / CGEV / DEMAC / SNPTur
PPA: 06J4 LOA: 20Y3
Meta: 6
Período Abr/2017 a Ago/2017
Tipo de indicador: Eficácia
Fórmula de cálculo Número absoluto
Caracterização da meta:
Meta Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Acumulado até Dezembro Total
Prevista - - - 2 2 1 - 1 - - - - 6 6
Realizada
-
-
-
2
2
1
-
1
2
3
1
-
12
12
Descrição: Evento apoiado
Meta anual: 6
Início da mensuração: Abr/2017

Previsto x Realizado - Total
Previsto x Realizado - Mensal
Previsto x Realizado - Acumulado
Mês Meta Física Avaliação Mensal Arquivos
Prevista Realizada
Janeiro -
-
Fevereiro -
-
Março -
-
Abril 2
2
No mês de abril o Ministério do Turismo participou da WTM Latin America, de 04/04/2017 a 06/04/2017, e da Fit Pantanal, de 20/04/2017 a 23/04/2017. Ambos os eventos foram realizados com sucesso. Na WTM Latin America, o MTur apoiou a participação das 27 unidades federativas brasileiras e divulgou os festejos juninos para o público participante. Já na Fit Pantanal, a comunicação remetia a destinos que oferecem experiências do ramo da aventura e natureza, em consonância com a temática da feira, que possui um viés ecológico e natural.
Maio 2
2
No mês de maio o Ministério do Turismo participou do Congresso Brasileiro de Guias, de 10/05/2017 a 14/05/2017, e do Congresso Internacional Inclusion, de 19/05/2017 a 20/05/2017. Os congressos foram realizados apropriadamente, cabendo apenas sugestões de melhorias para futuras edições. No Congresso de Guias foram apresentadas as ações de capacitação e do Cadastur aos guias de turismo em parceria com o DEQUA, de forma a aprimorar a capacidade de atendimento e a regulamentação desses profissionais do turismo. Já no Congresso Internacional Inclusion, foi abordada a temática da inclusão social para o público com deficiência. A participação do MTur se deu com a atuação da CGTR, responsável por lidar com a sustentabilidade, acessibilidade e produção associada ao turismo.
Junho 1
1
No mês de junho, o MTur participou do Festival de Turismo de Cataratas, que ocorreu nos dias 28 a 30 de junho de 2017, onde participou com o apoio do MTur os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Santa Catarina, divulgando suas ações e atrativos turísticos.
Julho -
-
Agosto 1
1
Em agosto, o Mtur participou da 21ª Feira AVIRRP com a parceria dos estados do Rio de Janeiro e Mato Grosso. Nessa ocasião foram divulgados os atrativos de ambos.
Setembro -
2
O Mtur participou dos Hiperfeirão Flytour (Santos) e ABAV Expo Internacional de Turismo
Outubro -
3
Em outubro de 2017, o Ministério do Turismo participou do HiperFeirão Flytour, edição Campinas; do X FTN - Fórum de Turismo de Negócios, que ocorreu em Florianópolis-SC; e do Festival de Turismo de João Pessoa, na capital paraibana. No Hiperfeirão Flytour, o Ministério do Turismo realizou uma ação conjunta com as secretarias de turismo estaduais, com a divulgação de 16 vídeos promocionais. O “Cinema Brasil” convidava os visitante do evento a vivenciarem experiências incríveis pelo país, com o objetivo de motivar os turistas potenciais a optarem por destinos nacionais em suas próximas viagens. Um “vale cinema” foi distribuído no credenciamento, estimulando a visitação no estande, o que gerou cerca de três mil visitações no estande do Ministério do Turismo no evento de Campinas (onde foi realizada a ação). Os espectadores do “Cinema Brasil” de Campinas puderam degustar uma pipoca enquanto assistiam a sessão e ao final eram convidados a girar uma roleta e, caso ganhassem, poderiam fazer uma caricatura ou ganhar a revista #ExperimenteoBrasil. A ação foi um sucesso e o estande recebeu cerca de 2 mil visitantes durante os 3 dias de evento. No Fórum de Turismo de Negócios, o MTur atuou por meio do apoio a 3 destinos selecionados pela Coordenação-Geral de Produtos Turísticos, os quais puderam divulgar sua estrutura e atrativos no setor de negócios e eventos. O evento não foi bem avaliado pelos participantes e, por essa razão, a área técnica não recomenda a participação em participações futuras, até que se faça uma reanálise positiva da participação no evento; O MTur também trabalhou em parceria com secretarias de turismo no Festival de Turismo de João Pessoa. Trata-se do único evento institucional de médio porte na Região Nordeste que conta com a participação do MTur. A avaliação de 2017 é que, em futuras edições, seja revista a possibilidade de alteração do local do estande ministerial, para o centro da feira, como forma a integrar de forma mais efetiva a atuação dos destinos turísticos parceiros, assim como a redução do espaço contratado.
Novembro -
1
O Ministério do Turismo participou, em novembro de 2017, do Festival de Turismo de Gramado - Festuris. Foi a primeira vez que o Órgão atuou com o apoio a todas as unidades federativas do Brasil, em forma similar à WTM e ABAV. Devido ao custo elevado de passagens aéreas, hospedagem e transporte de materiais associada a dificuldade financeira de alguns estados brasileiros, a presença de representantes foi aquém do esperado. A localização dos espaços contratos pelo MTur também devem ser revistas para edições futuras, quando for realizado um investimento volumoso. O Manual de Eventos Institucionais elaborado pela CETIN se presta a definir obrigações e procedimentos que possibilitem a correção das falhas identificadas, porém ainda aguarda aprovação superior.
Dezembro -
-
Acumulado até Dezembro 6
12
Total anual 6 12
Avaliação Final O ano de 2017 foi marcado pela forte melhoria do controle interno da Coordenação, com a correção de falhas e estabelecimento de procedimentos. Ampliamos a participação dos estados em eventos nacionais, por meio do apoio do MTur em estandes próprios e/ou compartilhados (8 de 12 eventos).Além disso, coletamos dados dos representantes das UF´s para subsidiar participações futuras. Por fim, concluimos a elaboração de um Manual de Procedimentos de Eventos Institucionais, com informações que embasarão as promotoras dos eventos, as unidades técnicas do MTur e as secretarias de turismo interessados na participação do MTur em eventos. Entre as principais dificuldades observadas em 2017, tem-se: - Falta de empresa licitada sob demanda para organização de eventos - Falta de critérios e procedimentos para a definição do Calendário de Eventos Institucionais - Falta de corpo técnico na CETIN, sendo que é uma das áreas com maior orçamento e menor quadro de funcionários do Ministério do Turismo. - Falta de produção de materiais promocionais e ações de divulgação nas feiras e eventos - Dificuldade na aprovação de passagens, o que resultou em custos mais elevados no momento da aquisição

Legenda: Insatisfatório - Abaixo de 55% Merece atenção - 55% a 90% Satisfatório - Acima de 90% Sem meta prevista para o período Não houve preenchimento / distribuição mensal