Portal do Governo Brasileiro
Perspectiva:
Processos
Foco:
4. Estruturação, fomento e promoção
Objetivo:
4.6. Fortalecer a gestão descentralizada, as parcerias e a participação social
Iniciativas por Responsável
Iniciativa:
4.6.2. Realizar encontros com os entes federados a fim de fortalecer a Rede de Regionalização
Responsável: Rogério Antonio Cóser
Substituto: Gabrielle Nunes de Andrade / Ana Carla Fernandes Moura
Área: CGMT / DEOTur / SNETur
PPA: 05O9 LOA:
Meta: 3
Período Mar/2016 a Nov/2016
Tipo de indicador: Eficácia
Fórmula de cálculo Número absoluto
Caracterização da meta: O Programa de Regionalização do Turismo – PRT estabelece diretrizes políticas e operacionais para orientar a sua implementação. Para tanto, uma Rede Nacional de Regionalização foi construída para estabelecer relacionamentos entre os seus participantes e promover a convergência de ações necessárias ao desenvolvimento das regiões turísticas. Desta forma, a Coordenação Geral de Mapeamento e Gestão Territorial – CGMT, responsáveis pela gestão e acompanhamento do PRT vêm propondo a realização de encontros ao longo dos anos, para articular e promover a integração e ampliação de conhecimento entre os estados e municípios.
Meta Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Acumulado até Dezembro Total
Prevista - - 1 - - 1 - - - - 1 - 3 3
Realizada
-
-
1
-
-
1
-
-
-
-
1
-
3
3
Descrição: Encontro realizado
Meta anual: 3
Início da mensuração: Mar/2016

Previsto x Realizado - Total
Previsto x Realizado - Mensal
Previsto x Realizado - Acumulado
Mês Meta Física Avaliação Mensal Arquivos
Prevista Realizada
Janeiro -
-
Fevereiro -
-
Março 1
1
Os Encontros acontecem periodicamente durante o ano, no intuído de fortalecer os laços institucionais entre os Interlocutores das UFS e os representantes do Ministério do Turismo, através do Programa de Regionalização do Turismo. No Exercício de 2016, está previsto 03 Encontros de Interlocutores a serem realizados. Dois já foram realizados. Um aconteceu em Brasília – DF, na Sala Plenária, 9º andar, Ministério de Minas e Energia/MTur, em 03 de março de 2016, conforme programação e relatório anexo.
Abril -
-
Maio -
-
Junho 1
1
Os Encontros acontecem periodicamente durante o ano, no intuído de fortalecer os laços institucionais entre os Interlocutores das UFS e os representantes do Ministério do Turismo, através do Programa de Regionalização do Turismo. No Exercício de 2016, está previsto 03 Encontros de Interlocutores a serem realizados. Dois já foram realizados. Um aconteceu em Brasília em março de 2016, e o segundo aconteceu em Foz do Iguaçu – PR, no Viale Tower Hotel, Av. Jorge Schimmelpfeng, 232, nos dias 15,16 e 17 de junho de 2016, conforme programação e relatório anexo.
Julho -
-
Agosto -
-
Setembro -
-
Outubro -
-
Novembro 1
1
Os Encontros acontecem periodicamente durante o ano, no intuído de fortalecer os laços institucionais entre os Interlocutores das UFS e os representantes do Ministério do Turismo, através do Programa de Regionalização do Turismo. No Exercício de 2016, está previsto 03 Encontros de Interlocutores a serem realizados. Os três encontros já foram realizados. Um aconteceu em Brasília em março de 2016, e o segundo aconteceu em Foz do Iguaçu – PR, no Viale Tower Hotel, Av. Jorge Schimmelpfeng, 232, nos dias 15,16 e 17 de junho de 2016, e por último aconteceu em Belo Horizonte - MG, nos dias 9, 10 e 11 de novembro de 2016, nas Salas 6 e 7, do 11º andar, na Cidade Administrativa, BH - MG, conforme programação e relatório anexo.
Dezembro -
-
Acumulado até Dezembro 3
3
Total anual 3 3
Avaliação Final Pontos Fortes: oferta e sistematização da possibilidade de cooperação entre os estados; troca de experiências num grupo heterogêneo quanto ao nível e maturidade da instituição do Programa em cada UF; possibilidade de manter o diálogo constante e fortalecimento da Rede de Regionalização a partir das demandas dos próprios estados; reforço do sentimento de “equipe” facilitando o diálogo entre o MTur e os estados; o fato desses encontros serem itinerantes proporciona que o estado que acolhe o evento assuma parte das despesas do evento Pontos fracos: recursos financeiros escassos impossibilitaram a participação de todas as UFs, em especial a Região Norte do País; Recomendações: ajustes de carga horária, ajustes do número de encontros

Legenda: Insatisfatório - Abaixo de 55% Merece atenção - 55% a 90% Satisfatório - Acima de 90% Sem meta prevista para o período Não houve preenchimento / distribuição mensal